Arquivo | dezembro, 2015

Siderópolis acompanha estado e aulas iniciarão dia 22 de fevereiro

23 dez

Siderópolis (23/12/2015) – O ano letivo de 2016 na rede pública municipal de Siderópolis vai iniciar no dia 22 de fevereiro para os estudantes e dia 16 do mesmo mês para os professores e colaboradores. A Secretaria de Educação decidiu acompanhar o calendário da rede pública estadual para adequação do transporte escolar que é feito em conjunto por meio de parceria entre os governos municipal e estadual. Já os Centros de Educação Infantil Rosália Pierini Salvaro, da Vila São Jorge e Olírio Cesa, do bairro Dona Sebastiana, iniciarão suas atividades com os professores no dia 01 de fevereiro e com as crianças à partir do dia 02.

Para abrir o calendário escolar nas redes pública e particular de ensino, os professores de Siderópolis terão uma palestra com o reitor da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), professor Gildo Volpato. Intitulada “Autoridade de Professor”, a palestra será ministrada à partir das 9 horas no Siderópolis Clube, no Centro da cidade.

Matriculas – As matrículas na rede pública municipal de Siderópolis ainda poderão ser feitas antes do início do ano letivo de 2016. Entre os dias 01 e 05 de fevereiro todas as escolas estarão recebendo pais e responsáveis para os novos registros.

Atendimento Secretaria de Educação – O atendimento na Secretaria Municipal de Educação será diferenciado durante o mês de janeiro. Entre os dias 11 e 15, das 8h às 12h, será feito atendimento ao público. Nos dias 26, 27 e 28, também das 8h às 12h, será feita a escolha dos professores que serão contratados em caráter temporário (ACTs). A partir do dia primeiro de fevereiro o atendimento volta em horário normal de expediente.

Anúncios

Unidades de Saúde de Siderópolis são fechadas para dedetização

22 dez
Siderópolis (22/12/2015) – As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Siderópolis estão sendo dedetizadas, sanitizadas e desratizadas e por isso, ficarão fechadas até o dia 04 de janeiro de 2016. Nesse período todos os usuários estão sendo direcionados para o Pronto Atendimento 24 horas, que teve a equipe reforçada para auxiliar na demanda.
 

“Essa semana estamos fazendo a aplicação dos produtos e depois do tempo de atuação, faremos a limpeza e organização das UBSs. Na primeira semana de janeiro todas reabrem para a população já devidamente higienizadas”, afirmou a responsável pela Secretaria Municipal de Saúde, Glaucia Cesa Périco.  Estão fechadas para o atendimento ao público as Unidades Básicas de Saúde da Vila São Jorge, Vila Rica, Rio Jordão, “Dr. Gyrão” Centro, “Dr. Elcio Rauen” Rio Fiorita e São Lucas, que funciona anexa ao 24 horas.

Todo o trabalho de dedetização está sendo acompanhado pela Vigilância Sanitária Municipal. De acordo com a coordenadora Gesieny Bonassa, o trabalho deve ser feito anualmente. “Todos os anos precisamos fazer essa higienização e como nesse período a demanda de atendimentos é menor, aproveitamos para aplicar todos os produtos químicos sem danos aos usuários”, destacou a coordenadora, acrescentando que a manutenção da higienização deve ser feita durante todos os meses do ano pelas equipes das unidades básicas.

Mais duas ruas são pavimentadas em Siderópolis

22 dez

Siderópolis (21/12/2015) – As ruas Oli Manoel Rodrigues e Dr. Luiz da Fonseca Girão, ambas no bairro Vida Nova, em Siderópolis, foram pavimentadas pelo Governo Municipal. Com mais de 640 metros quadrados de obra, o investimento total passou de R$ 357 mil. Feitas em parceria com o Governo do Estado, por meio do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam), as obras fazem parte de um pacote de pavimentações de R$ 4 milhões, que incluem os acessos ao Rio Kuntz (concluído), ao Santo Antônio (em fase de conclusão), e ao São Martinho (em andamento), além de outras ruas que serão pavimentadas.

“Estamos trabalhando para pavimentar as ligações entre as comunidades do interior, mas também priorizando melhorias na região central”, destacou o prefeito Hélio Cesa, o Alemão, acrescentando que “as obras no bairro Vida Nova foram feitas depois da passagem do esgotamento sanitário para evitar danos ao asfalto”.

As obras de pavimentação na área rural de Siderópolis já permitiram a ligação asfáltica até à comunidade de Rio Kuntz, com mais de 1,6 quilômetro de extensão. O trecho que dá acesso à localidade de Santo Antônio, com cerca de 400 metros, também já está com capa asfáltica, faltando apenas as sinalizações vertical e horizontal. Já as obras na localidade de São Martinho, com aproximadamente 2,1 quilômetros e vão até o entroncamento com o Alto Rio Maina, estão em fase de imprimação, devendo estar totalmente concluídas no início de 2016.

Padre Marcelo preside sua primeira missa comunidade Rio Fiorita

21 dez

No domingo, 20 de dezembro, o recém-ordenado Padre Marcelo Demnech Machado presidiu sua primeira missa na igreja Santa Bárbara, na comunidade do Rio Fiorita , em Siderópolis. A celebração teve início às 10h, com a participação dos padres orionitas, familiares, amigos, comunidade e agentes da Pastoral Vocacional.

A missa foi concelebrada pelo pároco, padre Claudio Peters, pelo provincial padre Rudnei Tomazella, e pelos padres orionitas.

Após a celebração, um momento de confraternização foi realizado com o almoço no salão da igreja Santa Bárbara.

Fotos: Edson Luiz Sandrini

Siderópolis celebra a Ordenação Presbiteral do Padre Marcelo

20 dez

No sábado, 19 de dezembro, a paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Siderópolis, acolheu centenas de pessoas para a Missa com o rito de Ordenação Presbiteral do padre Marcelo Demenech Machado. Cerca de 30 padres Orionitas e religiosos concelebraram a missa. Após a acolhida feita pelo paroco, padre Claudio Peters, padre Claudior fez a apresentação do candidato ao ministério presbiteral. Em seguida, padre padre Rudinei Thomazella, apresentou seu testemunho sobre o então diácono Marcelo, ao bispo ordenante e presidente da celebração, Dom Jacinto Inacio Flach.

O bispo recordou o momento da anunciaçãoe à Nossa Senhora. “Terminou a missão do anjo, mas começou a de Maria, que depois foi ao encontro da prima Isabel”. Dom Jacinto também enfatizou que a bênção ao sacerdote é para o serviço da Igreja, que deve ser exercido com amor, oração, dedicação, partilha e solidariedade para com o povo.

Ao final da celebração, já ordenado pela imposição das mãos do bispo diocesano, o padre Marcelo Demenech Machado fez inúmeros agradecimentos a todos aqueles que fizeram parte de sua trajetória vocacional até o momento da ordenação. Entre os diversos padres citados que ajudaram padre Marcelo a crescer na fé. Agradeceu Familiares e amigos, que ajudaram e ajudarão nesta nova etapa de sua vida.
Após a celebração, o novo presbítero recebeu os cumprimentos do povo e participou de uma confraternização no Centro de Eventos São Luiz Orione.

Projeto OdontoSesc realiza mais de 2.600 atendimentos em Siderópolis

18 dez

Procedimentos odontológicos como clínica básica e tratamento de canal foram alguns dos serviços oferecidos pelo programa nos dois meses em que esteve no município  

Nos últimos meses, Siderópolis ganhou um reforço no atendimento odontológico oferecido à população. O projeto OdontoSesc – desenvolvido pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), em parceria com o Governo Municipal – realizou 2.688 atendimentos no município, auxiliando nas atividades que já são promovidas normalmente na cidade. Procedimentos de clínica básica, restauração, tratamento de canal e raspagem de tártaro foram alguns dos serviços oferecidos pelo programa entre outubro e dezembro, somando 2.535 procedimentos de Atenção Básica e 421 de média complexidade.

De acordo com a coordenadora da Saúde Bucal no município, Ghisela Kestering, os objetivos traçados com o projeto foram alcançados. “Através do atendimento realizado na unidade móvel do Sesc, em parceria com o Governo Municipal, foram atingidas as metas que nós programamos, levando saúde bucal de qualidade aos sideropolitanos. Com isso, conseguimos diminuir a demanda reprimida nas unidades de saúde e melhor atender a população”, destacou.

Segundo a coordenadora, os pacientes que ficaram na fila de espera e que não conseguiram ser atendidos no consultório móvel serão contatados e receberão o tratamento no início do ano que vem.

Para o prefeito, Helio Cesa Alemão, os ganhos com o projeto são muito significativos para o município. “Normalmente, já são realizadas diversas atividades voltadas a essa área em nossa cidade, como orientações nas escolas e atendimentos odontológicos em horário ampliado. Então, o OdontoSesc veio somar a tudo o que já é oferecido, aumentando ainda mais a promoção da saúde bucal em nossa cidade”, ressaltou.

OdontoSesc nas escolas

Além dos procedimentos odontológicos, o projeto OdontoSesc em Siderópolis também contou com palestras e atividades educativas desenvolvidas em todas as instituições de ensino do município. A parte de educação voltada à saúde contou com orientações em geral, escovação supervisionada e distribuição de kits de higiene bucal aos alunos.

“Nós conseguimos levar não apenas conhecimentos de promoção a saúde bucal, mas também sobre temas como sexualidade e bullying. Nós acreditamos que a prevenção seja a melhor forma de se ter uma melhor saúde”, acrescentou Ghisela. 

Confraternização marca o encerramento das atividades do projeto “Ganhe Mais com Menos”

17 dez

 

Aproximadamente 15 mulheres participaram do programa que visou reduzir os níveis de obesidade e melhorar a qualidade de vida 

Neste ano, aproximadamente 15 mulheres sideropolitanas ganharam mais incentivo na luta contra a balança e para a melhora da qualidade de vida. Nessa terça-feira (15), as participantes do programa “Ganhe Mais com Menos” se reuniram novamente com a equipe de profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), mas dessa vez para encerrar as atividades do ano e para fazer um levantamento dos resultados obtidos nos quase seis meses de projeto.

Desenvolvido pelo Governo Municipal, por meio do Nasf, o programa “Ganhe Mais com Menos” objetivou reduzir os níveis de obesidade em Siderópolis, através de reeducação alimentar, prática de exercícios físicos e terapia comportamental. O projeto piloto foi desenvolvido com um grupo de mulheres que apresentavam Índice de Massa Corporal (IMC) superior a 30.

De acordo com a nutricionista do Nasf e coordenadora do projeto, Rosangele Pavan Salvaro, o trabalho desenvolvido pela equipe multiprofissional visou estimular mudanças positivas no estilo de vida dessas mulheres. “Redução de peso não é só emagrecer ou focar apenas na parte da nutrição; é trabalhar também com a prática de atividades físicas, mudanças comportamentais e fisioterapia, por exemplo. Então nós buscamos integrar vários profissionais para que as participantes conseguissem alcançar os resultados esperados”, destacou durante o encontro.

Mesmo não alcançando todos os objetivos, as participantes já conseguiram perceber mudanças no peso, nas medidas e nos hábitos do dia a dia. “Foi um incentivo muito bom participar do grupo. Eu já emagreci um pouco e vou continuar seguindo as orientações para alcançar o peso que eu quero e para mantê-lo depois”, comentou a participante Aida Vargas.

Durante a reunião, também foi realizada a entrega de certificado às participantes pela dedicação e esforço na busca por mudanças nos hábitos diários e para a melhora da qualidade de vida. Para encerrar a confraternização, uma mesa de café foi montada com alimentos saudáveis preparados pelas próprias participantes e pelos profissionais do Nasf. Bolos, biscoitos, frutas, barrinhas nutritivas e sucos foram alguns dos quitutes que fecharam com chave de ouro o último encontro do grupo.