Arquivo | julho, 2011

Festa julina, Lions Clube de Siderópolis

30 jul
Uma noite festiva e descontraída ocorreu no último dia 29 de julho, no C.S.U. entre os membros do Lions Clube e convidados.
Foi sua tradicional festa caipira, cujo objetivo é a confraternização entre seus associados. Várias guloseimas foram oferecidas aos presentes.
Viola, sanfona e cantoria embalaram a noite.
O Lions Clube de Siderópolis completará 48 anos de fundação o dia 03 de agosto e desde já planeja seu cinqüentenário com uma grande comemoração.

Anúncios

Jovens empreendedores recebem título de mérito

28 jul
Jovens empreendedores de Siderópolis receberam na noite desta quarta-feira, 27, Títulos de Mérito na Câmara de Vereadores de Siderópolis. Ao todo, 19 empresas foram homenageadas:
– Resiminas Indústria Química Ltda EPP
– DKR Comércio Eletro Eletrônica Ltda
– Gráfica e Papelaria Frassetto Ltda ME
– Ramon Feltrin ME – Dom Vitto
– Ramon Lazzaris David ME – Forno Di Zoldo Pizzaria
– Ricardo Alexandre Rovaris ME
– Auto Posto Fórmula Um Ltda
– Jonathas Nunes Roberge e Cia Ltda ME – J Celulares
– Teixeira Alamini e Carara Ltda ME – Top Center
– ABR. ARR Loterias Ltda ME – Lotérica Treze da Sorte
– Rafael Luiz Lazzaris – Restaurante do Jijo
– Metalúrgica Piacentini Ltda ME – MPS
– RBB Indústria e Comércio de Auto Peças Ltda – Rebibras
– Néctar Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios Ltda
– Reginaldo Luiz Rosso – Reluz Materiais Elétricos
– Salésio Maccarini ME – Mecânica Maccarini
– Gilberto Maccari ME – Beto Auto Som
– Transportes Gianizella Ltda
– D. Silvestre Comércio de Bijuterias Ltda ME – Extravaganza
As empresas homenageadas foram indicadas pelos vereadores de Siderópolis. O projeto que concedeu título de mérito aos jovens empreendedores foi uma iniciativa do Presidente do Legislativo, Maicon Aléssio (PMDB). “Este Título reconhece o trabalho dos jovens empreendedores porque iniciar e manter uma empresa é um trabalho difícil”, enfatizou. Para os homenageados, o título é de grande relevância. “Nos sentimos agraciados em estarmos sendo homenageados”, afirmou Jonathas Nunes Roberge, da empresa J Celulares.
Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Siderópolis

Plano de emergência da empresa Resicolor

27 jul

ATENDIMENTO AS NORMAS REGULAMENTADORAS do Ministério do Trabalho.

No dia 25 de julho foi colocado em prática o Plano de emergência da empresa Resicolor, foi acionada a Brigada de emergênciacomposta por 20 Brigadistas, qua atuaram no princio de combate a incendio, no resgate de vitimas e evacuação total da edificação,sendo realizado no tempo de 06 minutos e 34 segundos, os trabalhos foram coordenados pelo SESMT (serviço de engenharia, segurança e medicina do trabalho) da MEDICAR.

 

Jovens empreendedores receberão Título de Mérito

26 jul

Acontece nesta quarta-feira, 27, na Câmara de Vereadores de Siderópolis, a entrega do Título de Mérito aos jovens empreendedores do município. Ao todo, 19 empresas receberão o título durante cerimônia agendada para às 19 horas.

O projeto, de autoria do vereador e Presidente do Legislativo, Maicon Aléssio (PMDB), tem o objetivo de incentivar os empresários. “O prêmio é para este pessoal novo que abriu sua empresa e está trabalhando, fomentando nosso município”, enfatizou.

Policia Militar e Civil em sessão da câmara

26 jul

No dia 25 de julho de 2011, estiveram presentes na sessão da câmara de vereadores, representantes da policia civil e militar da cidade de Siderópolis, abordando assuntos em relação as dificuldades a falta de viaturas e efetivos para um melhor trabalho.

Sabedores dessas dificuldades estamos trabalhando no sentido de atender da melhor maneira possível a população de Siderópolis, disse o representante da policia militar.

O que podemos fazer perante esta situação de furtos e roubos, cada um tem que fazer a sua parte, onde tudo começa na base, isto é na família, onde os pais são os educadores e as escolas os instrutores, por que na verdade vários setores da sociedade são responsáveis por esta situação vivida com os casos de drogas e furtos em Siderópolis.

Nos esclarecimentos dados pelos representantes da policia, nota-se que as leis protegem os delinqüentes, exemplo disso é a nova lei 12.403, uma pena superior a 4 anos vai ser feito flagrante e colocar na cadeia, quando em varias outras situações o infrator será liberado. Só para lembrar hoje Siderópolis tem 6 efetivos e 1 viatura, o que faz com que a policia tenha que se esforçar e muito para fazer um bom trabalho.

Abordando assuntos como drogas e furtos, lembramos que em 2010 a CDL fez uma reunião sobre a colocação de câmeras de segurança e ate hoje nada mais se fala.    

Notícias da câmara 25/07/20011

26 jul


Serrinha volta a ser pauta na Câmara de Vereadores de Siderópolis
A obra de terceira pista da SC 445, no trecho conhecido como Serrinha, em Siderópolis, voltou a ser pauta na Câmara de Vereadores, durante sessão legislativa de ontem. A solicitação dos parlamentares é para que o Departamento Estadual de Infraestrutura – Deinfra faça cobrança da empreiteira quanto ao andamento da obra. “Esta obra está um transtorno. É difícil o final de semana sem acidentes no trecho”, justifica o vereador Romildo Soares (PMDB).
Referente a alegação da empresa Confer, de que a obra não está tendo continuidade por falta de material, os vereadores esclarecem que foi aprovada permuta na própria Câmara quanto à extração de seixo e o material foi retirado. “Se a empresa não guardou este material para utilizar na obra, o problema não é mais da Prefeitura Municipal de Siderópolis”, esclareceu Soares. Segundo o vereador, a empresa responsável pela obra da Serrinha também pegou a obra de recuperação da via que liga Siderópolis a Urussanga e a informação é que a recuperação não começou a ser feita também por falta de material. “Assim é fácil concorrer e ganhar uma licitação”, afirmou.
O vereador Leonor Rampineli (PT) esclareceu, por sua vez, que na licitação de R$ 1 milhão e 250 mil não consta que Siderópolis teria de fornecer o seixo (pedras de rio). “Não adianta dizer que a Serrinha não vai para frente porque não tem pedra. Eu quero saber onde foi parar o seixo que extraíram para usar na obra. Para Valdemir Carminatti (PP), é inaceitável que a empreiteira use como explicação a falta de material para deixar a obra parada.
O Presidente do Legislativo, vereador Maicon Aléssio (PMDB), explicou que no contrato não foi colocado que o município cederia algum tipo de material até porque a empresa cobrou pelo serviço prestado e pelo material. “Se ganharam a licitação e não tem material suficiente para fazer a obra, o azar é deles. O município fez uma caridade ao conceder 12 mil metros cúbicos de pedras, que foi retirada e era suficiente para a obra”, esclareceu. Segundo ele, será encaminhado ofício ao Deinfra para que se tome uma atitude: que a empresa seja multada ou nova licitação seja feita.
Estrada geral de Rio Patrimônio pode ganhar manutenção
Foi aprovada por unanimidade, durante sessão na Câmara de Vereadores de Siderópolis, a indicação para que seja feita a manutenção da estrada geral da comunidade de Rio Patrimônio. Segundo vereadores, a via está em condições precárias.
“Esta é uma solicitação dos moradores do bairro”, justifica o vereador Romildo Soares (PMDB). De acordo com ele a estrada, que faz a ligação do bairro Rio Patrimônio com o bairro São Marcos, em Criciúma, está abandonada.
Pavimentação de ruas é solicitação de vereadores
Lama em dias de chuva e poeira em dias de sol. Esta é a situação de moradores de Siderópolis que moram frente a ruas sem pavimentação. Para amenizar a situação foi aprovado, na Câmara Municipal de Vereadores, indicação para que sejam asfaltadas algumas ruas do município.
Entre as ruas citadas estão às pertencentes ao Loteamento Dona Sebastiana, ou seja, Ruas Tulio Rodrigues Lopes, José Florentino, Lutenai Arnaldo da Costa, Bernardino Neto, Luiz Fonseca Giron, Oli Manoel Rodrigues, Itauna e Prolongamento da Rua 4. Além delas, outras destacadas foram a Rua Hilário Cesa, Rua Santa Paulina e Rua Pedro Paulo Piazoli, localizadas no bairro Vila Esperança, Rua José Agassi e Rua Angelina Ronchi, na comunidade de Vila São Jorge, e Rua Gentile Noetti, no bairro Vila Rica.
Rua Treviso pode ganhar lombada
O grande fluxo de veículos e pedestres na Rua Treviso, no centro de Siderópolis, fez com que vereadores entrassem com indicação, durante sessão legislativa, para que seja implantada uma lombada próxima à igreja Assembléia de Deus. Segundo o vereador Adão da Silva (PP), alguns acidentes já aconteceram no local.
“É importante que esta indicação seja colocada em prática já que representa segurança, principalmente, para os que freqüentam a igreja”, afirmou o vereador Valdemir Carminatti (PP).
Para os vereadores Romildo Soares (PMDB) e Leonor Rampinelli (PT) a implantação de lombada é válida, mas as ruas deveriam ser mais sinalizadas com placas que limitam a velocidade, por exemplo. “Se não tem placa fica difícil cobrar para que o motorista trafegue mais devagar”, ressaltou Rampinelli.
Representantes de polícia militar e civil prestaram esclarecimentos na Câmara de Siderópolis

Atendendo pedido dos vereadores de Siderópolis, estiveram na Câmara Municipal, na noite de ontem, 25, o Delegado Regional Jorge Kolth, a Delegada Sandra Machado e o sargento Anísio Fraga. Objetivo do encontro foi esclarecer o funcionamento do trabalho da polícia civil e militar na cidade, além da onda de assaltos no município.

Para o Delegado Jorge Koth, o grande problema da polícia é a falta de efetivo. “Todos vocês têm razão em pedir mais segurança”, afirmou. Segundo ele, o ideal para Siderópolis, era existir três plantonistas para atendimento ao público na delegacia.

Em resposta aos questionamentos dos populares, os representantes afirmaram ser importante que o trabalho para contenção de drogas e, consequentemente, de furtos, comece com a atuação de órgãos públicos, como o Conselho Tutelar, por exemplo. “A polícia não consegue resolver tudo”, esclareceu o sargento Fraga.

A solução então, segundo vereadores e representantes policiais, será buscar apoio com demais entidades como Câmara de Dirigentes Lojistas e Conselho Tutelar, para que atuem de forma conjunta, inibindo os delitos.

Câmara pede recolocação de lombada física na Vila São Jorge




A substituição de uma lombada física por lombada eletrônica na comunidade de Vila São Jorge vem causando polêmica na Câmara de Vereadores de Siderópolis. Agora, vereadores aprovaram por unanimidade, requerimento para que o Departamento Estadual de Infraestrutura – Deinfra estude a recolocação de uma lombada física no local.


“Esta é uma cobrança forte porque próximo à lombada existe uma escola e uma lombada física obriga os motoristas a passarem bem mais devagar”, ressaltou o vereador Romildo Soares (PMDB). Segundo ele, os vereadores chegaram a fazer requerimento para colocar lombada eletrônica em frente à igreja de Vila São Jorge e não próximo à escola. Para o vereador Roberto Pagani (PMDB), a solicitação é de grande relevância já que, quando se trata de lombada eletrônica, os motoristas ficam atentos à velocidade e não a quem está querendo atravessar a via, por exemplo.

Vereadores de Siderópolis pedem aumento de recuo na SC 445



Vereadores de Siderópolis aprovaram, por unanimidade, durante sessão legislativa, o requerimento que solicita ao Departamento Estadual de Infraestrutura – Deinfra o aumento do recuo na SC 445, nas saídas das ruas Luiz Possoli e Arcângelo Rosso. Segundo o vereador Romildo Soares (PMDB) o pedido já foi feito há algum tempo, mas agora a Celesc retirou o poste do local e falta apenas aumentar o recuo.


“A situação deste recuo é, realmente, preocupante já que o veículo que está descendo a rodovia tem onde se refugiar, mas para entrar em alguma rua, precisa voltar para a rodovia, o que provoca acidentes”, salientou o vereador Valdemir Carminatti (PP).

Vereadores solicitam retorno de atividades de Horta Comunitária



Vereadores de Siderópolis aprovaram por unanimidade, durante sessão legislativa, a indicação para que sejam retomadas as atividades da Horta Comunitária, realizada em parceria com a empresa Eletrosul.


“Este projeto era resultado de um convênio entre a Prefeitura Municipal e a Eletrosul, onde a primeira auxiliava com os equipamentos e a segunda com sementes”, ressaltou o vereador Leonor Rampinelli (PT). Segundo ele, mais de 30 famílias eram beneficiadas com o convênio. “Gostaria que a Secretaria de Agricultura retomasse este projeto”, enfatizou.

Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Siderópolis

Siderópolis/Unesc, com novo técnico

25 jul

O Siderópolis/Unesc recebe oficialmente o seu novo técnico nesta terça-feira. Egídio Beckhauser, 34 anos, esteve na semana passada em Siderópolis, observou alguns treinamentos no ginásio 19 de Dezembro e acertou a sua vinda.
Depois, retornou a Blumenau para tomar providências particulares e amanhã inicia efetivamente seu novo trabalho.
“O Egídio é um jovem com bom currículo. Certamente tem condições de fazer um grande trabalho aqui”, comenta o supervisor Carlos Feltrin, o Peia. Egídio trouxe dois reforços para o time. Um deles, o jogador Jamur, já está treinando com o elenco.
O outro é Salsicha que chegará nos próximos dias.

O último clube de Egídio foi o Campo Mourão Futsal, do Paraná, onde ficou de janeiro até maio. Antes, trabalhou em equipes catarinenses de Indaial, Pomerode, Massaranduba e Blumenau e atuou em seleções catarinenses de base.
A segunda fase do Estadual de Futsal começa no próximo dia 6 quando o Siderópolis/Unesc visita o Rio do Sul em Ibirama. Egídio e seus atletas terão a difícil missão de lutar contra o rebaixamento. O time fez a pior campanha da primeira fase. Não conseguiu vencer, empatou três vezes e perdeu 11.