Arquivo | novembro, 2010

>Agricultoras de Treviso participam de curso de confeitaria

30 nov

>

Com a intenção de promover informação para as famílias rurais de Treviso, auxiliando no aumento da renda familiar, a Epagri com o apoio da Prefeitura de Treviso e em parceira com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) promoveu nos dias 29 e 30 o curso de confeitaria. Ao todo 15 mulheres participaram das aulas realizadas no Salão de Festas da Comunidade de Rio Morosini.

O curso de formação profissional rural é gratuito, totalizando 16 horas de aulas teóricas e práticas. A instrutora do SENAR Bernadete Luiza Bortolotto explica que com as orientações culinárias as alunas aprenderam mais de 20 receitas que podem ser usadas para montar uma festa de aniversário como quitutes salgados e doces, além de tortas e bolos. “As novas receitas poderão ser utilizadas para melhorar o cardápio familiar e também como uma nova fonte de renda”, sugeriu.

Débora Cândido

Assessoria de Imprensa Treviso

Anúncios

>Treviso: Acender das luzes de Natal será no domingo

30 nov

>

A Prefeitura Municipal de Treviso promove no próximo domingo, dia 05, a partir das 20 horas o evento de natal que vai marcar o acender das luzes no Município. A Praça Central de Treviso, os prédios públicos e todo o centro receberam enfeites natalinos e muitas lâmpadas coloridas que irão garantir o brilho e a magia do natal.

Dentro da programação festiva acontece na Praça Benjamin Scussel a apresentação de corais, fogos de artifício e sonorização com Trio Elétrico. “Toda a população de Treviso está convidada a prestigiar o evento e todas as atrações da noite de luzes”, salienta o prefeito João Réus Rossi (Juca). No dia 18 de dezembro a programação continua com a chegada do Papai Noel, a partir das 15 horas na Praça. O bom velhinho chegará a Treviso de Helicóptero e a diversão das crianças vai estar garantida com muitos brinquedos e passeios de trenzinho.

Débora Cândido

Assessoria de Imprensa Treviso

>Câmara de Siderópolis discute troca de materiais entre o município e a Confer

30 nov

>

Vereadores de Siderópolis se reuniram nesta segunda-feira, 29, com o engenheiro Léo Charles da Luz, da empresa Confer, responsável pela obra de terceira pista da Serrinha, na SC-445, entre Criciúma e Siderópolis. No encontro os vereadores propuseram que a permuta de materiais entre o município e a empresa, combinado em duas viagens de seixo (pedra de rio) por uma de base britada, respectivamente, fosse substituída por melhorias à cidade, como recuperação de asfaltos e implantação de lombadas. Aprovado por unanimidade e em turno único, durante sessão legislativa, o projeto será encaminhado ao executivo.

Uma das grandes preocupações dos vereadores foi quanto à fiscalização da retirada do material do rio. Para o vereador Maicon Aléssio (PMDB) porém, a nova forma de permuta foi a melhor maneira encontrada para garantir a construção da terceira pista da Serrinha. “Se aprovássemos a permuta como estava, aí sim perderíamos. Com essa mudança, Siderópolis vai ganhar melhorias”. O vereador ressalta, ainda, que se as obras de melhorias propostas como forma de permuta à empresa Confer, não forem cumpridas em 60 dias, a liberação de seixo será cancelada.

Para o presidente da Câmara, Luiz Salvaro (PSDB), a aprovação foi de grande valia. “Se estamos errando ou acertando, só o tempo vai dizer, mas tenho a certeza que estamos promovendo o bem do município”, enfatizou. A vereadora Jucélia Scaini (PMDB) ressaltou, ainda, que ninguém é contra nada, mas que é preciso que se questione e sejam feitas mudanças para que ninguém saia perdendo.

Vanessa Nórdio

Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Siderópolis

>Siderópolis uma cidade com inúmeras construções

28 nov

>

Siderópolis nos últimos anos em ritmo acelerado no setor da construção civil, vários edifícios sendo construídos, exemplo disso é a construção em frente ao colégio Dom Orione, com 42 apartamentos numa edificação de 7(sete) andares, que em pouco tempo estará pronto. Muitos outros estão sendo construídos e futuras construções estão sendo projetadas, uma cidade num crescente desenvolvimento.

>Festa de confraternização PMDB 2010

27 nov

>

Na noite de sexta (26/11), reuniu-se no salão de festas da comunidade do Rio Albina, membros do diretório e simpatizantes do partido para ouvir as palavras de agradecimento, onde os resultados das eleições (nacional e estadual) tiveram um resultado expressivo aos candidatos apoiados pelo partido em siderópolis, onde estavam presentes também o deputado estadual (eleito federal) Ronaldo Benedet e representante da deputada eleita Ada de Luca. Na ocasião o presidente do PMDB (Romildo Soares) e demais lideranças, desejaram um feliz natal e um próspero ano novo a todos.

>Folhas soltas de nossa história

27 nov

>

Quando os imigrantes desembarcavam no porto de laguna, o povo da cidade se assustava com pessoas tão estranhas e tão parecidas entre si, com aparência de quem não tomava banho há muito tempo, pelo mau cheiro que deixavam no ar, por onde passavam. As mães recolhiam as crianças da rua, pois traziam muitas crianças que choravam, grandes baús de madeira e muitos sacos as costa, gesticulavam entre si, falavam alto, numa língua que ninguém entendia. Noticias deste tipo eram publicadas em jornais de Laguna e Tubarão. Após um breve descanso eram embarcados no trem e seguiam até Pedras Grandes. Lá eram sempre esperados por uma frota de carros de bois, contratados pela companhia colonizadora, e que através das picadas no meio da mata virgem, os conduzira até seu destino final. O imigrante sabia tão somente, que “Andiamo in América”, porque o mundo novo, o Eldorado, para a Europa, velha, pobre e recém destruída pelas guerras, era a América. Não sabiam os italianos que ao embarcarem no navio, os agenciadores que os acompanhavam estavam com os mapas das terras a serem colonizadas, nas mãos. Como conheciam lá e cá, procuravam colocar os imigrantes nos núcleos que se aproximassem geologicamente ao seu “paese”, isto é, ao seu lugar de origem. Os italianos recebiam por cada italiano embarcado, maior de 18 anos e menor de 60 anos, pois o objetivo era a colonização precisava-se de braços fortes e jovens. O pagamento era feito na hora do desembarque. Por este motivo é que os navios vinham super lotados, pois emigrar, geralmente dependia mais do poder de persuasão do agenciador que da vontade própria do agenciado. Os Padres italianos tiveram papel de destaque no despachamento dos colonos italianos, pois ninguém poderia duvidar de sua palavra, quando dos pupilos da Igreja, incentivavam e incitavam o povo a procurar novas terras para um futuro melhor, no outro lado do oceano. No período de 1870 a 1895, para aquele que foi considerada a maior imigração italiana de todos os tempos, a pregação nas igrejas, nos mais recôntidos cantões era sempre a mesma: “Terra para todos, grandes rios com muitos peixes, caca em abundancia, fome zero e certeza de prosperidade”.

Siderópolis26/11/2010

Selita Sacheti Cesa

>Treviso elegeu os novos Conselheiros Tutelares

26 nov

>


A eleição para o Conselho Tutelar de Treviso aconteceu no último dia 17, no Ginásio Municipal quando foram escolhidos cinco novos conselheiros efetivos e suplentes. As vagas serão ocupadas pelas titulares Rosemar Costa, Samara Regina Cossa, Juliana Vitório Pires dos Santos, Denize Pagani Daleffe e Carmen Luciana Alfonso Ariati.

A principal função do conselheiro tutelar é atender às situações que colocam em risco os direitos das crianças e dos adolescentes, como negligência, falta de atendimento médico, miséria, maus-tratos e evasão escolar. Também prestam atendimento à família, fazem visitas domiciliares, orientam, apóiam, encaminham e requisitam tratamento médico, psicológico ou psiquiátrico, entre outras atribuições. O mandato terá validade de três anos. A carga horária do conselheiro tutelar é de 40 horas/semanais com possibilidade de plantão. A posse dos novos membros será no dia 17 de dezembro na sede do Conselho Tutelar em Treviso.

Débora Cândido

Assessoria de Imprensa