Arquivo | setembro, 2009

>Siderópolis incentiva instalação de empresas

30 set

>

A prefeitura de Siderópolis acertou recentemente a instalação do Frigorífico Danuza no município. A reunião que bateu o martelo aconteceu no gabinete do prefeito Douglas Warmling, o Guinga, e contou com a presença do Deputado Estadual Valmir Comin e de empresários.

A empresa ficará situada no parque industrial do Bairro Patrimônio, as margens da SC-445.
Para a instalação da empresa o Executivo dará todo o suporte na terraplanagem do terreno, também doado pela prefeitura. “Nosso maior objetivo tem sido a criação de uma política especial de incentivo à instalação de novas empresas para que seja aumentada a oferta de emprego para nossa juventude”, comenta Guinga.

Siderópolis estará inserida nos próximos anos numa localização estratégica entre o Planalto Serrado e o Litoral. Isso tem despertado a atenção de empresários, que, de olho no potencial econômico da região, têm realizado estudos para se instalarem na cidade. “Sustentado no potencial, o município tem buscado investimentos através de parcerias com os governos federal e estadual, com a finalidade de dotar a cidade de melhor infra-estrutura para que empresas possam se fixar no município”, explica o prefeito.

A instalação do Frigorífico Danuza gerará num primeiro momento a criação de 80 novos postos de trabalho. A intenção da direção é que a empresa esteja em funcionamento no inicio do segundo semestre de 2010.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis

Anúncios

>Uma história que transformou a política e sociedade do País

30 set

>

Um povo explorado como escravo que nunca deixou de sonhar com a liberdade. Apenas um capítulo da grande história do Brasil. “Brasil: a caminho da República” conta a saga dos negros africanos escravizados, que ao longo dos anos viu sua libertação lenta e gradual sendo alcançada enquanto o, então Imperador, Dom Pedro II, perdia seu trono pelas mãos de sua filha Princesa Isabel com a Lei Áurea, levando o Brasil a República, tendo Marechal Deodoro da Fonseca como chefe de Estado. Em meio a uma história, dois romances, a qual destino?

Obrigado por fazer a diferença e dar valor para o que é nosso.

Precisamos de pessoas assim, que ficam felizes com as realizações do próximo.

Muito obrigado mesmo, de coração, essa profissão e o trabalho que tento fazer sempre da melhor forma possível, é minha vida, minha realização, AMO ser professora, assim como esses alunos que mostram a cada dia que são muito mais do que achamos que eles são.

BAIXAR ARQUIVOS Agradecimento especial a Prof. Thayse Possoli
http://www.4shared.com/file/136680966/7800176a/BRASIL_A_CAMINHO_DA_REPUBLICA_1.html

http://www.4shared.com/file/136686140/882ddeb9/BRASIL_A_CAMINHO_DA_REPUBLICA_2.html

http://www.4shared.com/file/136690547/94b95aa/BRASIL_A_CAMINHO_DA_REPUBLICA_3.html

>Serginho Lopes altera programação do Siderópolis/Unesc

30 set

>

Enquanto a diretoria ainda lamenta a mudança da data do jogo entre Siderópolis/Unesc e Malwee, o técnico Serginho Lopes continua focado na competição. Nesta quarta-feira (30) ele reuniu o elenco no Ginásio 19 de Dezembro e explicou a alteração do planejamento para os próximos dias. “Vamos dar folga aos atletas depois do treinamento na sexta-feira pela manhã e eles só se reapresentam na segunda. Precisamos recuperar alguns jogadores que estão no limite físico já que o elenco é reduzido”, comenta Lopes.

A partir da reapresentação os jogadores permanecerão concentrados para os jogos decisivos pelo Campeonato Catarinense de Divisão Especial, e para a etapa regional dos Jogos Abertos, que inicia no próximo dia 23, em Morro da Fumaça. “Teremos uma sequência de jogos durante o mês de outubro e o treinamento até o jogo contra a Malwee será importante, porque a partir desse jogo, praticamente não teremos mais tempo para trabalhos específicos”, argumenta o treinador.

Tabela é modificada novamente

A Federação Catarinense de Futebol de Salão (FCFS) confirmou na manhã desta quarta a alteração no restante da tabela dos jogos da Divisão Especial. Siderópolis enfrentaria Florianópolis no dia seis de outubro e Pinhalzinho no dia 10, mas os jogos acontecerão somente na semana seguinte.

Assim, o Siderópolis/Unesc fará três jogos em menos de sete dias. No dia 13, terça-feira, a equipe encara a Malwee, no Ginásio do Colégio São Bento. No dia 15, quinta-feira, o adversário será Florianópolis, na capital, e no dia 17, sábado, o time fecha a participação na segunda fase no oeste catarinense, quando enfrentará Pinhalzinho. “A mudança faz o time perder o ritmo de jogo, mas por outro lado nosso adversário direto que é São Miguel já terá realizado as duas partidas que faltam nessa fase. Dessa forma conseguiremos saber antes dos nossos últimos três jogos o que será preciso fazer para buscar a classificação”, afirma Serginho Lopes.

Para tentar minimizar o prejuízo de não entrar em quadra oficialmente durante três semanas, a diretoria tenta marcar para a semana que vem um amistoso contra algum time da região.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis

>Adiada inauguração da estrada até a barragem

30 set

>

A prefeitura de Siderópolis decidiu nesta quarta-feira (30) adiar novamente a inauguração das obras de asfaltamento entre o centro da cidade e a comunidade de Rio Jordão, na estrada até a Barragem do Rio São Bento.

Devido às intensas chuvas das últimas semanas o Executivo, em comum acordo com o Governo do Estado e Casan, resolveu transferir o ato, marcado para a próxima sexta-feira, dia 2, para uma nova data, ainda a ser confirmada. “Os incidentes dos últimos dias relacionados à chuva, alteraram o cronograma das obras e também a agenda do Governador Luiz Henrique da Silveira. Vamos adequar as agendas e esperamos concretizar a inauguração dessa importante obra nos próximos dias”, explica o prefeito Douglas Warmling, o Guinga.
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis

>Arus segue na liderança do municipal de bocha de Siderópolis

30 set

>

A Associação Arus segue na liderança da terceira fase da Taça Sicoob/Credisulca de bocha de Siderópolis. Mesmo perdendo o 100% de aproveitamento, ao perder e empatar com o Choqueiro na última segunda-feira, a equipe do centro da cidade permanece na liderança com cinco pontos. O Alto Rio Maina assumiu o segundo lugar ao derrotar o São Martinho Baixo, fora de casa, e alcançar os quatro pontos.

A quarta rodada acontece na quinta-feira (1) com o Alto Rio Maina recebendo o São Martinho Baixo e o Choqueiro enfrentando, em casa, a líder Arus.

O campeonato municipal de bocha é organizado pela prefeitura de Siderópolis, através da Fundação Municipal de Esportes (FME). A competição deste ano teve início com 13 equipes que se enfrentaram dentro de cada grupo. Essa terceira fase reúne as quatro melhores equipes da competição. Elas jogam em turno e returno, todos contra todos, sendo que as duas melhores fazem a final no dia 11 de outubro.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis

>Em audiência pública, Guinga debate com parlamentares crise no Fundeb

30 set

>

O vice-presidente Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e presidente da Amrec, prefeito de Siderópolis Douglas Warmling, o Guinga, esteve na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (29). Ele participou de uma audiência pública para discutir os critérios de distribuição dos recursos Financeiros do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Os deputados federais, João Mattos e Cláudio Vignatti, que presidem respectivamente, as comissões de Educação e de Finanças e Tributação realizaram o encontro para tentar minimizar a reclamação dos prefeitos que contribuem para formar o Fundo, mas não recebem o suficiente para arcar com as despesas em educação.

Segundo Guinga, o Fundeb repassa aos municípios R$ 1,10 por aluno de creche em tempo integral e R$ 0,80 em tempo parcial. A crítica dos prefeitos não só catarinenses, mas em todo o país, é que o custo da educação infantil é superior as despesas do ensino médio de competência do estado, onde o repasse é de R$ 1,20 por aluno matriculado. “O pleito dos municípios é para a recomposição dos fatores de ponderação do Fundeb, determinado pelo número de alunos matriculados nas respectivas redes de educação básica. Só queremos o respeito à Lei”, afirmou Guinga.

De acordo com a FECAM, os municípios catarinenses estão perdendo duplamente, uma vez que o governo do Estado retém ICMS, que compõe a base de arrecadação do Fundeb, para os fundos do estado (Fundo Social, Fadesc, Seitec). A dívida é de R$ 20 milhões. “Decidimos criar uma comissão para buscar junto ao FNDE a melhoria nestes valores. Caso contrário, teremos que rever todo o nosso planejamento”, comentou o vice-presidente da entidade catarinense.

Foto colaboração: Dayane Nunes (Assessoria Dep. Vignatti)

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis

>Adiada a inauguração da estrada ate Jordão

30 set

>

A novela continua, uma obra que era para estar pronta ainda espera para ser inaugurada.

A princípio seria dia 24 depois 27 e por último 02 de outubro.

Não foi desta vez ainda, vamos esperar agora para que o nosso governador consiga em sua agenda arrumar um tempinho e vir a Siderópolis inaugurar a estrada.

Ah isso se não chover.