Arquivo | abril, 2009

>Azedou

30 abr

>

Prefeito do Siderópolis, Douglas Warmling, PP, não se deu bem no recurso encaminhado ao Tribunal de Contas para reverter rejeição das suas contas de campanha. Juiz Julio Schattsschneider negou recurso argumentando que a irregularidade remanescente é grave o suficiente para justificar a rejeição.
A tribuna Adelor lessa
Anúncios
30 abr

>

NOSSA 3ª FESTA DE SÃO LUIZ ORIONE, DIA 16-05-09, NO SALÃO PARÓQUIAL DA MATRIZ, JANTAR/BINGO.

CONTAMOS COM VCS.

1ª PRÊMIO: MOTO C/ CAPACETE

2ª PRÊMIO: nOVILHO

3ª pRÊMIO: BICICLETA

4ª PRÊMIO: KIT 7 PÇAS CAMA

5ª PRÊMIO: PIASTRA

VLOR R$ 20,00 REIAS POSTO DE VENDA: ACADEMIA

Projeto Resgatando a Memória do Municipio.( CAPELA SÃO LUIZ ORIONE)Nascendo da uniao de bairros Avenida, Cohab, Cohab 2, Nova Belluno, Renascer, Vida Nova, Vila Esperanca e Caxias a construção da Capela São Luiz Orione, e SEDE da Associacão,vêm de encontro ás necessidades básicas da fé e objetivando alcancar salas para atender a populacão destas comunidades tais como: Grupo de mães, grupo de jovens, AA (Associacão de Alcoólicos Anônimos), pastoral da criança, grupo de canto infantil, infanto juvenil, adolescente e adulto, biblioteca, sala de computacão, sala para conferências ou festa, formação de quatequistas, missionários, coordenadores, grupo de coroinhas, ministro da eucaristia, sendo Sede desta, entre outras atividades que as comunidades necessitarem.Cumpre destacar que a requerente, tem como fito a promocão da cultura, amparo a criança, adolescentes, carentes e idosos, á educacão e concervação do PATRIMÔNIO HISTÓRICO.Por isso viemos através deste site solicitar contribuições na conta Poupanca da caixa econômica 0426 022 24-5 de Siderópolis ou mesmo materiais de construção. Estamos na dependência somente do alvará da prefeitura para iniciar as obras.OBS: NO DIA 20/02/09 NOS FOI CONCEDIDO O ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO PELA PREFEITURA.Todo Projeto Esta em mãos do arquiteto Cleber Zanellato e nossa Sede Capela terá o modelo da antiga matriz de Siderópolis. Buscando alem dos beneficios citados, RESGATAR A MEMÓRIA DO MUNICIPIO.OBS: Materias de construcão necessarios para a primeira etapa da construção:* 05 METROS CÚBICOS DE TABUA DE PINOS;* 20 METROS CUBICOS DE CONCRETO USINADO;* 20 METROS DE AREIA LAVADA;* 20 METROS DE BRITA;* 85 SACAS DE CIMENTO.AGRADECIMENTOS Á DOACÕES JA FEITAS:* Entec(Eng. Técnica): Todo piso e azulejo;* Empresário Henrique Salvaro: Todo ferro da construção;* Cejatel: 2000 telhas;* Cerâmica Belem Limitada: 2500 telhas;* Comerciante Dilnei Rossa: 10 sacas de cimento;Agradecemos ainda com muito carinho ao arquiteto Cleber Zanellato por todo trabalho gratuito do projeto, á Câmara Municipal de Siderópolis gestão 2004 á 2008 e Prefeito Municipal na pessoa do Sr. Douglas Warmeling por todo apoio e a doação do lote onde será construida a Capela.DiretoriaMª de Fátima Marcello – PresidenteBenjamin Scussel – TesoureiroMª Jucélia de Moraes – SecretáriaFiscais:Félix Nicolau da SilvaJoão ValdatteJuraci, SilveiraLibera ContiMª do Carmo AntonioMª Inácio GonçalvesMª Regina Santos SelestinoOldina Conti Franscisco,Rosangela Mª dos Santos PortãoVarli S. Scarabelot

>Elvi recebe sindicato dos servidores

29 abr

>

O prefeito em exercício de Siderópolis Elvi Donadel recebeu na manhã desta quarta-feira (29) o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais. Na pauta, o início das tratativas de uma pauta de 26 itens reivindicados pelo Sindicato. Também participaram da reunião os Secretários de Finanças, Moacir Pavan e de Administração, Dalvânia Cardoso, além do contador da prefeitura, Valberto Berkenbrock.

Além das cláusulas que pedem melhorias nas condições de trabalho, o principal ponto apresentado trata do reajuste salarial. Os servidores pedem o reajuste do INPC dos últimos 12 meses que deve ficar em 5,5%, além de um ganho real de 5% e de um calendário de reposição de 17,33% das perdas salariais dos últimos oito anos.

Durante a reunião o Executivo se comprometeu em analisar a pauta nos próximos 15 dias. A situação financeira em que se encontra a prefeitura depois da perda de R$ 410 mil em arrecadação foi colocada, inclusive citando as medidas de contenção de gastos como demissões de cargos de confiança e redução de salário de outros comissionados.

Uma nova reunião deverá ser marcada até a segunda quinzena de maio. “Vamos fazer um estudo minucioso sobre o comprometimento da folha de pagamento em relação à arrecadação no primeiro quadrimestre (janeiro a abril). O Executivo está aberto para negociar”, explica o contador Valberto Berkenbrock.

Para a presidente do Siserp, Maria Bárbara Teixeira Righetto, o encontro foi positivo. “Foi uma preliminar tranqüila. Nos anos anteriores não tínhamos uma pauta certa, e hoje temos. O executivo recebeu bem o sindicato e está disposto a negociar”, comenta.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis

>Reunião campeonato suiço areia em Siderópolis

29 abr

>

Dia 08/05/2009
Local : Ao lado do ginásio de esportes 19 de dezembro

Horas : 19 hs

O campeonato será aberto

Contato : 9996 – 7052

>Siderópolis/Unesc embarca para Chapecó

29 abr

>

O time de futsal masculino de Siderópolis/Unesc embarca no fim da manhã desta quarta-feira (29) com destino a Chapecó, onde inicia amanhã a disputa dos Jogos Universitários Catarinenses. O primeiro desafio no oeste catarinense será contra o time da Ufsc, na manhã de quinta-feira. Na chave ainda estão a Udesc e a Univille.
Na 1ª fase as universidades estão divididas em três grupos. Dois com quatro times e o outro com três. Classificam-se para a 2ª fase os dois primeiros colocados de cada grupo, além dos dois melhores pelo índice técnico. Na seqüência começa a fase de mata – mata até a final que será disputada no domingo.
Mesmo sem contar com três dos principais jogadores do elenco, Irineu, Belo e Marquinhos, que não fazem faculdade, o técnico Serginho Lopes acredita que é possível brigar pelo título. “O objetivo é ser campeão. Mas sabemos que a Unisul, que vai jogar com o juvenil, e a Unoesc, que reúne atletas de Chapecó, Concórdia, São Miguel d`Oeste e Joaçaba, são os favoritos”, comenta.
Para o primeiro confronto o técnico deverá levar a quadra, Dener, Vinícius, Rodrigo, Lucas e Dudu.
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis

>Uma profissão pouco valorizada, mas indispensável

29 abr

>

A coleta de lixo é necessária para manter a cidade limpa e evitar doenças causadas pelo contato direto com os dejetos ao serem depositados em céu aberto, que se constituem em foco de proliferação de vetores transmissores de doenças.
A empresa contratada pela prefeitura é responsável pelo serviço de coleta de lixo na cidade. Diariamente, uma equipe, com três homens cada trabalham na limpeza dos bairros e vilas de siderópolis de segunda à sexta feira. As equipes trabalham de acordo com o cronograma de limpeza elaborado pela própria empresa afim de atender à todos.
O que podemos fazer para ajudar estes trabalhadores para facilitar seu trabalho:
– Evitar deixar seu cachorro solto nas ruas, pois eles destroem as sacolas fazendo assim que o lixo fique espalhado nas ruas dificultando o trabalho de limpeza.
-Colocar os lixos em sacolas ou sacos de lixo resistentes.
-Separar os diversos tipos de lixo para facilitar o trabalho e evitar acidentes.
-São inúmeras as situações que você pode ajudar.
Com esta matéria queremos homenagear o nosso saudoso amigo Carlinhos Sevaris que deu inicio a esse trabalho em Siderópolis com um serviço de qualidade fazendo que o Sideropolitano tenha um problema a menos.
Hoje Temos os trabalhadores: motorista Scarmagnani, responsável Deda e Maicom e Scarmagnani filho na coleta percorrendo cerca de 70 km diários, uma verdadeira maratona, que nós devemos dar muito valor a esses guerreiros da limpeza.

Texto e Foto – Sandrini

>Justiça libera venda de terrenos em Siderópolis

29 abr

>

A 1ª Câmara do Direito Público, por unanimidade, liberou na tarde desta terça-feira (28) a venda do restante dos terrenos em frente a rodoviária, em Siderópolis. Com a decisão favorável, o Executivo deve abrir nas próximas semanas o edital para continuação da venda. O prefeito em exercício Elvi Donadel e o licenciado, Douglas Warmling, o Guinga, comemoraram a decisão. “Nós seguimos todo o trâmite legal, vinculando a venda dos terrenos à pavimentação de ruas especificadas no projeto, e a justiça comprovou a regularidade de tudo. Vamos continuar as vendas para pavimentar mais ruas já que esse é o anseio da comunidade”, comenta o prefeito licenciado Douglas Warmling, o Guinga.
A ação civil pública proposta pelo Ministério Público, depois de vereadores de oposição questionarem a venda, teve pedido de suspensão negado em primeira instância. Descontente com a decisão, o MP recorreu ao Tribunal de Justiça e o desembargador Domingos Paludo também negou liminar para que o processo fosse interrompido.
Nesta tarde, o TJ decidiu pela continuidade das vendas, atestando toda a legalidade do leilão, já que a Câmara aprovou Lei de alienação, e que no projeto havia uma prévia avaliação com valores, incluindo o mínimo estipulado. “Hoje temos ainda mais de 150 hectares de terra. Não afetou em nada a venda destes lotes, mas contribuiu muito para melhorar a qualidade de vida de dezenas de famílias”, explicou o prefeito em exercício Elvi Donadel.
Durante a sessão, os desembargadores frisaram, por inúmeras vezes, que o leilão obedeceu os procedimentos administrativos, vinculando a venda dos lotes à pavimentação de determinadas ruas.
A área em frente a rodoviária está dividida em 17 lotes. Até o momento foram vendidos oito terrenos, o que possibilitou a prefeitura pavimentar seis ruas, incluindo três com asfalto no Bairro Rio Fiorita. Com a venda dos outros nove lotes, a intenção do Executivo é pavimentar outras 15 ruas.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis