Arquivo | fevereiro, 2009

>Trânsito continua em meia pista na SC-445

28 fev

>

Matéria atualizada às 16:34 / A forte chuva da noite de ontem provocou novo deslizamento no principal aclive da SC-445, rodovia que liga Criciúma a Siderópolis. Uma empresa contratada pelo Deinfra está no local fazendo o trabalho de contenção na encosta. Com o trânsito em meia pista, a Polícia Militar Rodoviária de Cocal do Sul monitora o tráfego de veículos.Segundo o sargento Bialeski, o trânsito é lento neste momento na rodovia. Os trabalhos de contenção devem se estender até o início desta noite e serão retomados amanhã cedo. O deslizamento ocorreu no Km 43,7. Um árvore caiu sobre a rodovia nessa madrugada deixando o trânsito bloqueado por mais de duas horas, com muita lama sobre a via.
(Fotos: João Manoel Neto / PMS)
Ariadne Niero – ariadne.niero@engeplus.com.br
Anúncios

>Siderópolis inicia treinos táticos na segunda

28 fev

>

O time de futsal masculino de Siderópolis/Unesc segue treinando em ritmo forte essa semana. O grupo tem feito em dois períodos atividades físicas comandadas pelo preparador Tiago Silveira e o desempenho dos atletas tem agradado a comissão técnica. Na segunda-feira começam os trabalhos táticos dirigidos pelo técnico Serginho Lopes.
A programação dos atletas inclui treinamentos físicos na segunda, quarta e sexta-feira pela manhã. À tarde os jogadores treinam de segunda a sexta-feira e no sábado pela manhã em locais diferentes. “Como nós não temos o ginásio nas medidas certas dividiremos os treinos entre o ginásio da Unesc e o Municipal, em Criciúma”, explica o técnico.
A baixa da semana foi o fixo Negão que não treinou desde terça-feira devido a uma forte gripe. Assim, terá que fazer um trabalho diferenciado na semana que vem.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis
João Manoel Neto – 03146/JPSC
8406-6695

>Guinga recebe Boeira e encaminha projetos

28 fev

>
O Prefeito de Sideróplis Douglas Warmling, o Guinga, recebeu na tarde desta sexta-feira (27) a visita do Deputado Federal Jorge Boeira. O objetivo do encontro era começar uma aproximação com o parlamentar recém empossado. “Estávamos sem pai nem mãe na Câmara dos Deputados e totalmente desamparados. O Boeira vem para nos auxiliar”, afirmou o prefeito Guinga.
Durante a visita, o prefeito pediu ajuda na liberação de recursos de alguns projetos que já foram encaminhados. Os dois principais tratam da recuperação do escritório da CSN, no Bairro Rio Fiorita e da compra de maquinário. Boeira ratificou o compromisso com Siderópolis e vai auxiliar na busca de recursos. “Por enquanto nós estamos ainda tomando pé da situação. Mas vamos buscar contribuir com os municípios e Siderópolis estará entre eles”, frisou o deputado.
Participaram do encontro o vice prefeito Elvi Donadel e os vereadores Leonor Rampinelli e Ivan Westhal, o Camisa, além de assessores.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis
João Manoel Neto – 03146/JPSC
8406-6695

>Prefeitura de Sideróplis altera horário de expediente

26 fev

>
A Prefeitura de Siderópolis passa a atender a partir da próxima segunda-feira em horário integral. Assim, as repartições públicas que hoje funcionam no período matutino passam a ter o expediente das 8h às 12h e das 13h às 17h, exceto a Secretaria de Obras e Agricultura que funcionará das 7h30min às 11h30min e das 13h às 17h. “Normalmente nós teríamos trocado o horário no início de janeiro, mas como o Paço Municipal está passando por uma reestruturação decidimos alterar a partir do mês de março já que as obras estão acabando”, explica o Prefeito Douglas Warmling, o Guinga.

>Situação de rua revolta moradores

26 fev

>

Saimon Novack / A Tribuna
De Siderópolis
Quem circula pela avenida Presidente Dutra, no Centro, em Siderópolis, não imagina que ela inicie de forma tão tortuosa. O contraste é tamanho que fica difícil assimilar que esta seja a mesma via que abriga o comércio, a prefeitura e a praça da igreja. Se, na região mais movimentada, o asfalto garante a boa passagem, o cenário do outro lado é de buracos e desníveis. “Entra prefeito e sai prefeito e ninguém resolve. As pessoas que vêm lá de baixo não fazem ideia de que aqui é assim. Muitos viram a volta, porque os carros batem muito”, afirma a moradora Maria Pagani, de 65 anos. O pequeno trecho de aproximadamente 80 metros, segundo o ex-vereador e também morador do local Sergio Rodrigues, recebeu uma camada de antipó, há quatro anos, pago pelos próprios moradores.
No ano passado, segundo Rodrigues, um acordo entre Câmara e Prefeitura garantiria a pavimentação do trecho até o final do ano, o que não aconteceu. “Em uma reunião com a mesa diretora e o prefeito, cada um dos cinco vereadores apontou uma rua para receber melhorias. Entre as apontadas, a mais precária, no caso esta, receberia a pavimentação. Em contrapartida, tínhamos que devolver um dinheiro da Câmara. Devolvemos o valor, R$ 10,6 mil em setembro, mas não fizeram nada”, explica.
Prefeitura diz que somente
parte do dinheiro foi repassada
De acordo com o prefeito Douglas Warmiling, não foi possível iniciar as obras porque o Legislativo não teria devolvido o valor correto. “Eles devolveram somente a primeira parcela dos R$ 40 mil que repassariam e aí não teve como fazer. Foi uma reunião com o ex-presidente e ficou acordado ainda, além desta, mais duas ruas pró-ximas à saída da SC-445, e a Plínio Bonassa. Mas não foi feito nada porque não tem nem como fazer a licitação somente com a primeira parcela. Agora não tem mais como, só se a Câmara atual fizer um novo acordo”, declara o prefeito.

>Conselho de Habitação toma posse em Siderópolis

26 fev

>

Tomou posse em Siderópolis na segunda quinzena de fevereiro o Conselho Gestor do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social. A presidente é a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Sirlei Magna Stopazzoli. O objetivo do conselho é buscar na sociedade organizada a participação na elaboração de projetos e programas voltados para a área habitacional. Desde o ano passado tem sido uma exigência do Governo Federal o desenvolvimento de políticas públicas com a participação popular, principalmente, das entidades que formam a sociedade civil.
Siderópolis vem elaborando desde outubro do ano passado um vasto levantamento sobre o déficit habitacional no município. Além disso, estão sendo analisadas as casas que precisam de melhorias, ou seja, um mapa completo da situação. Com o plano em mãos será possível buscar recursos no governo federal para a construção de mais casas. Nos últimos dois anos foram construídas 107 casas populares no conjunto habitacional Dona Sebastiana.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Siderópolis
João Manoel Neto – 03146/JPSC
8406-6695

Esta novela tem que acabar,acontece em Criciuma e também em Siderópolis familias que estão usando a casa como comercio pois quando são liberadas para os mesmos logo é negociada.
Deveria ter um contrato que se o legítimo dono não fizer uso da mesma,esta seja tomada de volta e dada para quem realmente queira e precisa da moradia.
Por isso de olho nos cambalacheiros

>Equipe só sorriso deu show de animação

24 fev

>

A mais nova equipe de animação de festas “só sorriso” mostrou que sabe fazer uma festa onde deixou pais e filhos felizes.

Muitas atrações que vôce também pode ter em sua festa de aniversàrio.
Parabèns Fred e Adriana.

FOTOS DA FESTA DA EQUIPE SÓ SORRISO